quarta-feira, dezembro 21, 2016

Liga depois, estou na sinaleira

Caminhando nos corredores da livraria ouço a frase 'Me liga depois, estou na sinaleira'.
Cheguei ao final do corredor e espiei adiante. Um homem e uma menina olhavam um brinquedo e conversavam sobe ele. A sinaleira, inexistente, dava a ele a privacidade e o tempo que precisava com a menina. Estar na sinaleira requer atenção, cuidado. Logo ela abre e seguimos em frente,então não podemos conversar. Pensei em como o telefone celular ainda não mostra o que o usurário está fazendo em tempo real, embora já o localize no espaço e no tempo.

Estar na sinaleira agora tem um novo significado.

Nenhum comentário:

  • A Igualdade é Branca
  • A Fraternidade é Vermelha
  • A Liberdade é Azul
  • Blade Runner